Arquivo da categoria: Notícias

Nova ferramenta para envio de atestados passará a entrar em vigor: informe-se sobre o Atestado Web

A partir do mês de fevereiro, os servidores da Unipampa deverão encaminhar atestados médicos e odontológicos para a Divisão de Perícias, via digital, através da plataforma online Atestado Web, sem a necessidade de se deslocar.

O envio dos atestados passará a ser feito por meio da plataforma SIGEPE, visando facilitar a vida dos Servidores Federais, oferecendo celeridade e desburocratizando o processo. 

Além de poder enviar seu atestado pelo aplicativo SIGEPE Mobile, através de celular ou tablet, o servidor também poderá enviar através do seu computador, pelo site do SIGEPE no Portal do Servidor.

Após o envio do Atestado Web através da plataforma SIGEPE, o servidor deverá abrir processo no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), seguindo o fluxo habitual.

Como enviar o atestado de saúde pelo SIGEPE Mobile?

O primeiro passo para utilizar o Atestado Web SIGEPE é instalar o aplicativo SIGEPE Mobile. O app é gratuito.

Pronto! O atestado será arquivado no sistema e avaliado. Vale lembrar que os usuários precisam ter um cadastro prévio para acessar o SIGEPE. O login é feito com o CPF e a senha do SIGAC. 

→ Veja um tutorial de como utilizar a funcionalidade do Atestado Web no celular ou tablet:

Veja um tutorial de como utilizar a funcionalidade do Atestado Web no computador, pelo site do SIGEPE:

Recepção e validação do atestado

Após submeter o documento pelo SIGEPE, a Divisão de Perícias ficará responsável por analisar todos os dados e aceitar ou reprovar o atestado.

Os atestados que não necessitarem de perícia, segundo previsão legal (Lei nº 8.112/90), poderão ser homologados automaticamente, desde que estejam legíveis e possuam todos os requisitos necessários. 

Caso se trate de atestado que exija a realização de perícia, conforme previsão legal (Lei nº 8.112/90), o sistema encaminhará o atestado para a Divisão de Perícias e o servidor será notificado sobre a necessidade da perícia oficial para sua homologação.

Para evitar a reprovação do atestado, é muito importante enviar uma boa foto e conferir todos os dados, segundo imagem abaixo:

Informações importantes

  • A fim de serem considerados e avaliados, os atestados deverão estar legíveis e serem encaminhados por ordem cronológica (do mais antigo para o mais atual), além de obedecerem aos requisitos do Manual de Perícia Oficial em Saúde do Servidor Público Federal (aqui). 
  • Os atestados também deverão ser enviados por meio da referida funcionalidade no prazo máximo de até 5 dias corridos do início do afastamento do servidor (data do atestado), conforme §4º do Art. 4º do Decreto nº 7.003, de 2009. Cabe destacar que não serão aceitos atestados entregues fora do prazo legal; a não apresentação no prazo estabelecido, salvo por motivo justificado, caracterizará falta ao serviço, nos termos do art. 44, inciso I, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
  • É de responsabilidade do servidor manter sob sua guarda os documentos originais enviados por meio do novo sistema, pois poderá ser solicitada sua apresentação no ato pericial.
  • Após o envio do Atestado Web através da plataforma SIGEPE, o servidor deverá, obrigatoriamente, abrir processo no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), conforme procedimento já usual, segundo consta nas bases de conhecimento do SEI e no Manual do Servidor Unipampa.
  • Servidores com 2 (dois) vínculos (Ex.: Técnico Administrativo e Professor do Magistério Superior), deverão fazer o envio do atestado duas vezes, uma para cada vínculo. O vínculo deve ser alterado após o primeiro envio. A alteração do vínculo deve ser feita no menu do SIGEPE Mobile ou SIGEPE Servidor em “SELECIONAR VÍNCULO”.
  • Nos casos em que houver necessidade de realização de perícia em trânsito (mais informações no Manual de Perícia Oficial em Saúde do Servidor Público Federal), o servidor enviará o Atestado Web conforme supracitado, contudo, por ser solicitada em unidade diferente da que o servidor está vinculado, a Divisão de Perícias ficará responsável por formalizar o agendamento junto à unidade que se fizer necessária.
  • Declarações de Comparecimento a consultas/exames não são aceitas pela Divisão de Perícias. Nestes casos, o servidor deverá entregá-las à sua chefia imediata, conforme o disposto no Ofício Circular nº 2/2019 PROGEPE/UNIPAMPA (aqui). 

Cabe salientar que as demais avaliações periciais seguirão os fluxos usuais de solicitação, não ocorrendo modificações nesses processos.

Eventuais dúvidas podem ser sanadas através do envio de mensagem, exclusivamente para o e-mail: dp.progepe@unipampa.edu.br.

DASST realiza formação com os membros dos Centros de Operações de Emergência em Saúde para a Educação (COE-E Local)

Na tarde do dia 09 de dezembro de 2020, foi realizada uma formação sobre a prevenção ao coronavírus com os representantes dos Centros de Operações de Emergência em Saúde para Educação (COE-E Local). Esse encontro foi promovido pela Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST) da Pró Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) em parceria com o Comitê de Monitoramento do Coronavírus da Unipampa e contou com a colaboração do médico perito da PROGEPE, Paulo Salim. 

O principal objetivo do encontro foi dirimir dúvidas relacionadas à operacionalização dos planos de contingência de cada unidade. Foi um momento de troca de conhecimento com ênfase nas medidas preventivas, orientação em relação à identificação e à conduta diante de casos suspeitos e confirmados de coronavírus, além de esclarecimentos sobre questões associadas à área administrativa. 

Novamente, agradecemos a presença de todos que puderam participar, disponibilizamos os slides da apresentação para consulta e reiteramos que a equipe DASST está à disposição para sanar quaisquer dúvidas ou demandas, nas quais seja possível realizar apoio técnico da área da saúde ou segurança do trabalho.

Para acessar os slides da apresentação, clique aqui.

DASST elabora material com orientações sobre o coronavírus nas crianças

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, as evidências científicas atuais afirmam que as crianças são afetadas pelo coronavírus com menor frequência e menos gravidade de sintomas.

Um estudo publicado no início de março de 2020 sugere que elas são tão propensas a se infectarem com o coronavírus quanto os adultos, mas apresentam menos sintomas e menor risco de desenvolver doença grave. A explicação para isso pode estar ligado ao fato de menor testagem em crianças justamente por não apresentarem sintomas mais graves.

Pensando nisso, a Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) elaborou este material com orientações sobre o coronavírus nas crianças que conta com a explicação sobre os sintomas e as formas de prevenção. Para acessá-lo, clique aqui.

Com relação à utilização de máscaras, lembramos que ela deve:
  • estar de acordo com o tamanho do rosto da criança;
  • estar confortável;
  • ser utilizada e manuseada de forma correta, e;
  • ser higienizada de forma adequada (lavar com água e sabão abundantes e/ou deixar de molho em solução de água sanitária – 1 colher de sopa para 500ml de água – por 30 minutos e, após a secagem, passar ferro quente em ambos os lados e armazenar em um saco plástico limpo).

Ressalta-se também que, se a máscara estiver úmida ou após o tempo máximo de 2 horas de uso, deve ser trocada por outra limpa. Além disso, caso a criança derrube no chão, deve ser substituída imediatamente.

Informação e prevenção são as melhores formas de proteção!

Em alusão do Dia Nacional de Enfrentamento ao Assédio Moral, DASST lança cartilha

O Dia Nacional de Enfrentamento ao Assédio Moral acontece no dia 02 de maio. Por esta razão, a Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) escolheu esse mês para o lançamento da “Cartilha de Prevenção ao Assédio Moral – Informe-se e faça a diferença no ambiente de trabalho!“.

Desde 12 de setembro de 2019, por meio da Resolução nº 254, existe a Política de Promoção da Cultura de Paz na Universidade Federal do Pampa. Essa política tem como intuito criar condições para o planejamento, a execução e a avaliação de medidas de conscientização, prevenção e responsabilização, englobando todos os tipos de violência na Unipampa que envolve membros de sua comunidade interna e/ou externa.

Diante disso, a cartilha tem como objetivo orientar os servidores, as servidoras e os funcionários terceirizados da instituição a identificar e combater os casos de assédio moral que possam vir a ocorrer.

O documento foi organizado pela enfermeira da DASST, Francine da Rosa Silva Cabral, e contou com a colaboração da psicóloga da PROGEPE, Camila do Canto Perez, e da assistente em administração, Cindy Rosa Martinez.

A cartilha responde aos seguintes questionamentos de maneira didática e objetiva:

  • O que define assédio moral? Existe um conceito?
  • O que é assédio moral no serviço público?
  • Quais são os tipos de assédio moral e suas classificações?
  • Existe um perfil de quem assedia e de quem é assediado?
  • Quais são as situações que caracterizam assédio moral?
  • O que não é considerado assédio moral?
  • Quais são as causas e as consequências do assédio moral?
  • Existem formas de prevenir o assédio moral?
  • O que fazer em caso de assédio moral?
  • O que é considerado assédio moral na Unipampa?
  • Como proceder em casos de assédio moral na Unipampa?

Para acessar a cartilha, clique aqui.

Lembrando que o Dia de Enfrentamento ao Assédio Moral é dia 02 de maio, entretanto, o assédio moral não tem data e hora para acontecer. Informe-se e faça a diferença no ambiente de trabalho!

A DASST reforça a importância de denunciar qualquer ato de assédio moral, bem como buscar orientação profissional, se for necessário. Se você for vítima ou presenciar situações que configurem assédio moral, não se cale, denuncie!

DASST, juntamente com psicóloga da PROGEPE, elabora manual de cuidado em saúde mental durante o distanciamento social

O distanciamento social é essencial para combater a velocidade de propagação do coronavírus, desse modo evitando a contaminação e a transmissão do vírus de forma mais rápida. 

Quanto menos “gente circulando” e mais gente executando as medidas preventivas e mantendo distanciamento, menores são as chances de aumento de contágio. Isso, além de preservar a sua saúde, possibilita que os serviços de saúde de maior complexidade possam atender os casos mais graves e, nesse momento, preparar estrutura com mais leitos para tratamento de Covid-19 nos estados e municípios em que for necessário.

Ficar em casa é essencial para conter a disseminação, mas sabemos que esse período atípico traz consigo muitas mudanças, que podem desencadear angústia e sofrimento.

Pensando nisso, a Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST) juntamente com a psicóloga da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), Camila Perez, elaborou um manual para você cuidar de si e da sua saúde mental durante o período de isolamento. 

O documento foi executado a partir das perguntas elaboradas pela Assessoria de Comunicação Social (ACS) que foram feitas à psicóloga da PROGEPE. 

Esperamos que esse material possa contribuir para que o período em que vivemos seja mais leve para você. Boa leitura! Para acessá-lo, clique aqui

Em comemoração ao Dia do Servidor Público, DASST organiza Encontro de Qualidade de Vida

A Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST), da Coordenadoria de Qualidade de Vida do Servidor (CQVS), está organizando no campus Bagé o Encontro de Qualidade de Vida. Esta edição do evento será para os servidores do campus Bagé e da Reitoria e traz temáticas alusivas ao Dia do Servidor Público.

O evento acontecerá no dia 19/11/19, terça-feira, de manhã, a partir das 9h e, à tarde, a partir das 14h, no Auditório do Campus Bagé.

Confira a programação e inscreva-se clicando aqui!

O evento será transmitido ao vivo para todos(as) servidores(as) no canal do YouTube da CQVS. Inscreva-se já no canal!

Haverá um ônibus disponível nos dois turnos para levar os(as) servidores(as) da Reitoria para o campus Bagé, local onde acontecerão as atividades. O ponto de encontro será na Rua Monselhor Constábile Hipólito (em frente ao Prédio II da Reitoria) com saída programada para às 8h15 e às 13h15.

Confirme a sua presença no evento na nossa página do Facebook e convide os(as) colegas!

Contamos com a sua participação! O evento foi pensando especialmente para você!

Para mais informações, entrar em contato pelo e-mail cqvs.progepe@unipampa.edu.br.

CQVS participa de qualificação em Saúde LGBT

No dia 06/09, a psicóloga, Camila Perez, e a assistente em administração, Cindy Martinez, participaram do evento “Capacitação sobre Saúde LGBT” que aconteceu no Palacete Pedro Osório, em Bagé. Abordou-se temas relacionados ao acolhimento e atendimento em saúde sob a ótica da diversidade sexual e de gênero.

O evento foi organizado pelo Setor de Saúde das Equidades da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde e realizado pela Prefeitura Municipal de Bagé, com o apoio do Grupo Diversidade Sexual e Gênero (D.S.G – Bagé).  A programação contou com as palestras: “A Política de Saúde LGBT no Estado do Rio Grande do Sul”, “Boas práticas com a população LGBT no contexto da saúde”, “Notificação de violência motivada por LGBTfobia” e “ISTs e AIDS no contexto LGBT: acolhimento e prevenção”.

Através da participação neste evento, a CQVS reafirma o seu compromisso em valorizar a saúde como um direito humano de cidadania e em ressaltar que a população LGBT tem direito a receber atendimento livre de qualquer discriminação, restrição ou negação em virtude da orientação sexual e da identidade de gênero.


Saúde LGBT, a CQVS levanta essa bandeira!


 

DASST promove Encontro de Qualidade de Vida no campus de Uruguaiana

A Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST) da Coordenadoria de Qualidade de Vida do Servidor realizou o Encontro de Qualidade de Vida, nos dias 29 e 30 de agosto, no campus de Uruguaiana.

O evento é voltado para os(as) servidores(as) da instituição, docentes e TAEs, mas também esteve aberto para os(as) discentes e a comunidade externa.

Para encerrar a campanha mensal de saúde “Agosto Dourado: Amamentar é um ato de amor sem limites”, este encontro em específico trouxe a temática do Agosto Dourado que é o mês dedicado a ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno.

Tudo isso com o objetivo de promover atividades de integração e bem-estar, criando uma cultura de valorização da sua própria saúde, por meio de hábitos saudáveis de vida e de trabalho.

Para que todos(as) os(as) servidores(as) tivessem acesso à programação, o evento foi transmitido ao vivo e permanecerá disponível no canal da CQVS no YouTube. Inscreva-se no canal e assista aqui!

 


Confira os registros do Encontro de Qualidade de Vida – Edição Campus Uruguaiana:

Dia 29/08 (quinta-feira)

“O que é qualidade de vida?”, a Coordenadora de Qualidade de Vida do Servidor abordou a questão.

 

Rui Seabra Machado com a palestra “Larga do meu pé estresse”.

Palestra “Alimentação saudável para adultos” com as professoras Ana Letícia Vargas Barcelos e Karina Sanches Machado d’Almeida.

Técnico de Segurança do Trabalho da CQVS, Paulo Paiva, com a palestra “Prevenindo Acidentes de Trabalho”.
Oficina “Eu quero sossego!” com práticas básicas de Tai Chi Chuan, ministrada por Rui Machado.

Dia 30/08 (sexta-feira)

Oficina “Cuidados de higiene com o recém-nascido” com os alunos do projeto de extensão da professora Jussara Mendes Lipinski

 

Mesa redonda “Amamentação, parentalidade e trabalho: conflito de interesses ou novos rumos para uma instituição inclusiva?” com a participação de Jussara Lipinski, Rodrigo Freddo, Daiana Fontoura, Giulia Peçanha e Juliana Madeira

 

Momento cultural com o “Coral Uruguaiana: um projeto para todos”

A equipe da CQVS agradece a todos os docentes, os técnicos-administrativos, os discentes e os parceiros pelo empenho e dedicação para a realização do “Encontro de Qualidade de Vida – Edição Campus Uruguaiana”. Parabenizamos também a todos que ministraram as oficinas e participaram das palestras, pois contribuíram para abrilhantar ainda mais o evento. Até a próxima!

Coordenadoria de Qualidade de Vida do Servidor está agora nas redes sociais

A partir do dia 16 de julho, a Coordenadoria de Qualidade de Vida do Servidor passa a atuar no Facebook e no YouTube.

A coordenadora de qualidade de vida, Caroline Ferreira Cougo, salienta que as redes sociais, como ferramentas de comunicação, encurtam distâncias e estreitam laços em torno de interesses comuns. Para a CQVS, estar presente nestes meios de comunicação é poder ampliar seus canais de diálogo com os servidores na busca da promoção da saúde e qualidade de vida.

As novas mídias, em especial Facebook e YouTube, trazem, portanto, possibilidades inovadoras de interação, eliminando barreiras físicas e temporais e proporcionando, assim, um espaço para novas formas de mobilização social dentro da instituição.

Atuar na promoção da saúde e do auto-cuidado, alertar sobre a prevenção de doenças e campanhas de vacinação e orientar os servidores sobre esses temas é o papel da Coordenadoria de Qualidade de Vida do Servidor da Unipampa.

Curta e acompanhe a página da CQVS no Facebook

Inscreva-se no canal da CQVS no YouTube

Assistente Social da CQVS participa de congresso internacional sobre stress e qualidade de vida

A assistente social da Coordenadoria de Qualidade de Vida do Servidor (CQVS), Vanessa Bauer, participou de congresso internacional sobre stress, saúde e qualidade de vida entre os dias 02 e 04 de julho de 2019, em Porto Alegre.

Viver melhor: trabalho, stress e saúde é realizado pela International Stress Management Association (ISMA-BR) e contou com a realização de quatro eventos simultâneos: 19º Congresso sobre Stress da ISMA-BR, 21° Fórum Internacional de Qualidade de Vida no Trabalho, 11º Encontro Nacional de Qualidade de Vida na Segurança Pública e 11° Encontro Nacional de Qualidade de Vida no Serviço Público.

Os eventos ocorreram em paralelo, incluindo experiências empresariais e pesquisas, com apresentações de palestras, simpósios, talk shows, vivências e exposições de trabalhos sobre teoria, prática e programas na área. Esta edição do congresso também apresentou a perspectiva do judiciário, abordando assuntos relacionados à saúde e ao trabalho.

Entre os palestrantes, esteve a americana Marnie Dobson, PhD, codiretora executiva da Healthy Work Campaign (Campanha Trabalho Saudável) e professora do Centro para Saúde Ocupacional e Ambiental da Universidade da Califórnia, em Irvine; a médica Ana Elisa de Siqueira, especialista em implantação de modelos de gestão de qualidade; Fabio Mattoso, líder executivo de Watson Health no Brasil, e do desembargador do TRT3 e gestor nacional do Programa Trabalho Seguro do TST, Sebastião Geraldo de Oliveira.

Destinado a pesquisadores, acadêmicos, representantes de empresas públicas e privadas e profissionais liberais interessados em pesquisas e programas relacionados à qualidade de vida no trabalho, ao stress e à saúde, o evento teve como objetivo examinar a teoria e a prática sobre questões de relevância significativa para a sociedade como doenças ocupacionais, bem-estar no trabalho, assédio moral, burnout, entre outras.

A ISMA-BR procura informar, alertar e servir como fórum de discussões para tornar o dia a dia mais produtivo, transformando-o em um estágio de busca de excelência e de manutenção da saúde.