Horário especial de atendimento – de 26/12/17 a 09/03/18

Em atendimento às determinações da Reitoria da UNIPAMPA, informamos os dias e horários de atendimento da equipe administrativa do PampaTec.fique atento

De 26/12/17 a 02/01/18Não haverá atendimento administrativo no PampaTec (PORTARIA Nº 1259 DE 13/11/17).

De 04/01/18 a 09/03/18  – REGIME DE TURNO ÚNICO (PORTARIA 1322 DE 05/12/17), de acordo com os dias e horários a seguir:horario especial de atendimento

Segundas – das 12:30 às 18:30

Terças a sextas – das 08:00 às 14:00

* Dia 03/01/18 – das 12:30 às 18:30

* Dia 14/02/18 – das 14:00 às 18:00

Vencedores do Desafio 2017

Desde sua fundação em 2010 o PampaTec – Parque Tecnológico do Pampa, vem procurando desenvolver ações de incentivo e suporte aos novos negócios inovadores e de base tecnológica.

O projeto “Desafio Modelo de Negócio” surgiu em 2013 com esse propósito e através da metodologia do Business Model Canvas objetiva valorizar ideias de novos negócios envolvendo tecnologia.

Acreditando que promover um ambiente de apoio a inovação não é algo que se faça isoladamente, o PampaTec, que é um órgão da UNIPAMPA, com forte suporte da Reitoria e do Campus Alegrete, procura ampliar sua rede de parceiros alinhados a esse propósito, sendo que nesta edição conta com os seguintes apoiadores para a organização:

  • Centro Empresarial de Alegrete;
  • Instituto Federal Farroupilha, Campus Alegrete;
  • Sicredi Pampa Gaúcho;
  • Prefeitura de Alegrete através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação, Ciência e Tecnologia;
  • UNOPAR, Polo de Alegrete;
  • SEBRAE RS, através do seu agente em Alegrete;
  • e dos integrantes do Projeto Educação Empreendedora realizado entre UNIPAMPA e SEBRAE RS;

organizadores do desafioEsses parceiros apoiaram a organização da quinta edição do Desafio de Modelos de Negócio que contou com 75 pessoas inscritas. Destas, 61 se identificaram como alunos de cursos de graduação de 4 Instituições: Instituto Federal Farroupilha, URCAMP, UNOPAR e UNIPAMPA. No primeiro encontro presencial, dia 08/11, 15 projetos inovadores foram apresentados, desde uma luva com sensores para controlar equipamentos, passando por sistemas mais inteligentes para alimentação de bovinos e irrigação de plantações, até sistemas e aplicativos que facilitam a vida das pessoas e das empresas nas mais diversas áreas do mercado. Todos eles passaram por uma oficina que demonstrou na prática o uso da metodologia Business Model Canvas, que facilita o caminho de quem quer transformar uma ideia em um negócio.

Na noite do dia 29/11, os 12 projetos que persistiram no programa, foram colocados à prova de três juris: o técnico, o empresarial e o popular.

O Juri Técnico foi composto por empreendedores, investidores e profissionais especialistas que utilizaram os seguintes critérios na sua votação:

– Inovação e Tecnologia;

– Potencial de Crescimento e lucratividade;

Representando o corpo de jurados técnicos, foram chamados o empresário Luciano Kelbouskas,  diretor dos Polos de Alegrete e Rosário do Sul da UNOPAR e o técnico Márcio da Silva representando o SEBRAE para entregar o cheque de 700 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Técnico: Sistema autônomo para alimentação de animais, equipe composto  Willian Gerstberger e Eduarda Schein.

Essa premiação em dinheiro só foi possível através do patrocínio de:
Agenda Remates, Esco GD Energia, Martini Papelaria e Brinquedos, Sindicato Rural de Alegrete, Ritt Empreendimentos, Endime, Pampelaria, Fonther Negócios Imobiliários, Mecânica Rondon, Saúde Brasil, Subway, Sicredi, FisioFit Fisioterapia e Pilates e Aprovação Pré-Vestibular.

desafio startup pampa - organizadores + patrocinadores 2017

O Juri Empresarial foi composto pelos patrocinadores que contribuíram para formar a premiação em dinheiro deste evento, aos quais foi feita a seguinte pergunta: Em qual projeto você investiria?

Representando o corpo de jurados empresariais, convidamos o empresário Deonir Martini, proprietário da Martini Papelaria e Brinquedos e Presidente do Centro Empresarial de Alegrete e o empresário Danilo Nunes Schimtz, proprietário da mecânica Rondon e presidente da Associação do mecânicos, metalúrgicos e eletricistas de Alegrete, para entregar o cheque de 600 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Empresarial: Compara Tudo, equipe composta por Luiz Felipe Bairros, Juliano Macedo e João Otávio Chervinski.

Juri empresarial

O Juri Popular foi composto por todas as pessoas que estiveram presentes ao polo da UNOPAR na noite de ontem e assistiram às apresentações dos projetos participantes, aos quais também foi feita a seguinte pergunta: Em qual projeto você investiria?

Representando todos que votaram, apresentaram projetos, trabalharam na organização e contribuíram de maneira cooperativa para este momento, convidamos o senhor Leandro Gindri de Lima, Diretor Executivo da cooperativa de crédito SICREDI PAMPA GAÚCHO, e representando todos os cidadãos de Alegrete a Prefeita Cleni Paz da Silva, para entregar o cheque de 500 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Popular: Luva para realidade virtual, equipe composta por Felipe Antunes Quirino e Marcelo Romanssini.

Premiação Juri Popular

Destacamos que os membros de todas equipes participantes, estão selecionados para o Programa de Orientação para criação de empresas para transformar as suas ideias em negócios junto ao PampaTec, assim como as 5 empresas lá estabelecidas, todas com passagem por este programa “Desafio Modelo de Negócio”.

Equipe de Servidores da UNIPAMPA, lotados no PampaTec que organizaram o evento.

Equipe de Servidores da UNIPAMPA, lotados no PampaTec: Daniele, Émerson, Vitor e Thiago.

Qual o estágio do seu negócio?

A equipe do PampaTec quer muito poder ajudar o desenvolvimento do seu negócio, por isso estamos disponíveis para agendamento de reuniões para orientações.

 agende seu atendimento no PampaTec
A primeira orientação já vai agora: Elabore seu modelo de negócio (CANVAS) e leve-o para a reunião com a equipe PampaTec.
A segunda também: Se você já tem um produto ou serviço minimamente iniciado e está tentando as primeiras vendas, faça este check-up e leve-o também para a reunião. Check-up de avaliação.

PampaTec já gera emprego e renda em Alegrete

A Unipampa é uma referência  na formação de profissionais nas áreas de tecnologia, em Alegrete.

Além disso, a Universidade busca potencializar o desenvolvimento regional através do empreendedorismo, criação de um ambiente propício a novas ideias e soluções que possam se tornar empresas na área de tecnologia (startups), gerando emprego e renda na cidade e região.

Dentro deste contexto foi criado o PampaTec – Parque Científico e Tecnológico do Pampa, cujo principal objetivo é fomentar o desenvolvimento regional por meio do empreendedorismo de base tecnológica.

O diretor do PampaTec, Vitor Almada, lembra que a Universidade ainda sofre com a evasão de alunos, e um dos motivos é a falta de oportunidades na região, pois não há vagas o suficiente para absorver todos os profissionais que estão sendo formados pela Unipampa.

O PampaTec, possui dez salas na Incubadora Tecnológica, espaço de coworking, copa, sala de reuniões, vigilância e portaria 24 horas. Almada diz que estão com cinco empresas incubadas, 15 ideias em fase de Pré-Incubação, em torno de 100 alunos envolvidos.

Os principais eventos do PampaTec são o Desafio Modelo de Negócio, PampaConecta e o Café com Inovação, todos tem como objetivo em comum, promover o empreendorismo na comunidade acadêmica, envolver empresários da cidade e região, na busca por soluções aos seus problemas e prospectar ideias que possam se tornar novas empresas. Informações: http://startuppampa.com.br

Vitor Almada salienta que o desenvolvimento do PampaTec, único Parque Tecnológico na região do Pampa Gaúcho. “É um trabalho de formiguinha, mas já temos aqui empresas na área de geração de energias renováveis, construções sustentáveis e desenvolvimento de software.

Conseguimos cumprir uma parte do nosso objetivo, enquanto instituição, que é a criação de emprego, renda e permanência dos alunos na cidade”.

Em cada sala tem gente que inova e busca desenvolver Alegrete e região com produtos diferentes que vêm para dinamizar negócios gerando agilidade e economia.

Uma é a ESCO GD, a primeira empresa do PampaTec, hoje com projetos de energia renovável em toda região e 12 colaboradores. E já planeja se expandir para espaço maior dentro do Parque Tecnológico que tem 6 hectares.

 

Fonte: http://alegretetudo.com.br/pampatec-ja-gera-emprego-e-renda-em-alegrete/