Arquivo da categoria: Artístico/Cultural

5ª Reunião do Clube de Cultura do Subgrupo Moacyr Ramos Martins – PIBID Ciências da Natureza

Na manhã de 25 de outubro de 2021, o subgrupo Moacyr Ramos Martins do PIBID Ciências da Natureza oportunizou a 5ª reunião do Clube de Cultura. O filme dialogado foi o “CYBERBULLY-BULLYING VIRTUAL”. O filme narra a história de uma adolescente de pais divorciados que acaba sofrendo por bullying virtual, através de sua melhor amiga que criou um personagem fictício em um blog da escola para criar falsas acusações. A discussão foi articulada na importância da atenção do professor frente aos semblantes apresentados pelos estudantes, repreesões acerca do bullying na escola, bem como, a importância de mediar conflitos e conter agravamentos superiores.

Filme disponível em:

DUBLADO: https://www.youtube.com/watch?v=tkDvyfSeziE

LEGENDADO: https://www.youtube.com/watch?v=xwWB0FMyNi8

 

PIBID Cultura – Subgrupo Moacyr Ramos Martins (Campus Uruguaiana) discute obras musicais

Na manhã do dia 16 de agosto de 2021, o grupo do PIBID Ciências da Natureza (Campus Uruguaiana), que atua na EMEF Moacyr Ramos Martins, discutiu as músicas do rapper Emicida. A discussão do PIBID Cultura foi bem interessante e sistemática, onde o subgrupo foi dividido em trios, com três músicas distintas do álbum Amarelo: Principia, Ismália e Amarelo. Cada trio trouxe diferentes perspetivas que agregaram valores e contextos históricos riquíssimos em discussões e reflexões.

Socialização de Filmes – Clube de Cultura PIBID Ciências da Natureza (Subgrupo Moacyr Ramos Martins)

Inicia-se em 28/06/2021 a socialização dos filmes com viés pedagógicos no Clube de Cultura do PIBID – CIências da Natureza (Subgrupo Moacyr Ramos Martins). O subgrupo foi dividido em dois grupos de 5 bolsistas e cada grupo ficou responsável por assistir um filme. O grupo 1 assistiu o filme “A Onda” retratando um experimento escolar, que visa articular o conteúdo de autocracia, porém as coisas fogem do controle ao propagar o facismo. O grupo 2 assistiu “A Sociedade dos Poetas Mortos” que aborda a importância da criticidade e liberdade de expressão em tempos de pressões e tradições antigas.