Unipampa e Universidade Federal do Espírito Santo reúnem-se para tratar do projeto Impactando Vidas

Dirigentes das Universidades Federais do Pampa (Unipampa) e do Espírito Santo (UFES) reuniram-se, no dia 22 de fevereiro, por meio de videoconferência, para tratar sobre o projeto Impactando Vidas, desenvolvido pela UFES em parceria com o Governo do Estado do Espírito Santo, com a Unipampa e com a Primeira Promotoria da Infância e Juventude de Vila Velha.

Participaram da reunião o reitor da Unipampa, Roberlaine Ribeiro Jorge, o reitor da UFES, Paulo Sérgio de Paula Vargas, pró-reitores de ambas asinstituições, a coordenadora do convênio SEJURS/UFES, Rosália Antunes, e representantes da Diretoria de Assuntos Institucionais e Internacionais (Daiinter) da Unipampa, do Gabinete da Reitoria, da direção do Centro de Ciências Exatas e da Superintendência de Infraestrutura da UFES.

O encontro virtual teve como intuito a aproximação entre as instituições, bem como, o conhecimento por parte da Unipampa sobre as experiências do projeto, que visa contribuir com a formação de indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade social, aproximando-os da comunidade e do fazer das Universidades.

Sobre o Impactando Vidas

Trata-se de um projeto de extensão destinado a detentos do sistema penitenciário em geral e a reeducandos (atualmente, com idades entre 16 e 20 anos), a suas famílias e à comunidade externa, buscando um retorno efetivo do indivíduo à sociedade. O objetivo do Impactando Vidas, segundo a UFES, “é dar um passo além e contribuir com a formação de indivíduos de forma permanente”.

Pró-Reitora da PROPLAN participa de Reunião da Nacional do FORPLAD

A Pró-Reitora da PROPLAN, Viviane Gentil, participa, na manhã de hoje, dia 12 de fevereiro, de Reunião do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad).
Na ocasião, a Pró-Reitora, que atua também como Vice-Coordenadora da Regional Sul do Forplad, debateu com seus pares temas como as restrições orçamentárias do ano de 2021 e o decreto publicado sobre o contingenciamento orçamentário; Diagnóstico da realidade nacional sobre atividades nas Instituições de Ensino Superior, além da organização de cronograma de reuniões e eventos do Fórum para este ano.

Informações de Lisiane Inchauspe de Oliveira.

PROPLAN participa de Ciclo de Palestras de formação às novas equipes diretivas

Na manhã de ontem, dia 11 de fevereiro, a Pró-reitora da PROPLAN, Viviane Gentil, e o adjunto Fabiano Sobrosa, juntamente com servidores da Pró-reitoria, participaram do momento virtual de formação das novas equipes diretivas dos campi, promovido pela PROGEPE.
O Coordenador de Infraestrutura, Rafael Fiss, apresentou os procedimentos de solicitação de projetos e de manutenção. A Chefe do Sistema de Bibliotecas-SISBI, Cátia Araújo abordou o tema da aquisição bibliográfica, destacando que serão enviados Trials de bases e bibliotecas digitais para avaliação dos docentes. Comentou também sobre serviços oferecidos pelo SISBI, como a Plataforma Minha Biblioteca; Normas técnicas; Repositório institucional; Lista de E-books e bases de livre acesso; E-books da Springer; Portal de Periódicos da Capes e Portal de periódicos da Unipampa (Publica-se).
A Chefe da Divisão de Orçamento, Jaqueline Pires, apresentou tópicos sobre o Orçamento Institucional: Exercício Financeiro e prazos; principais competências da Divisão; Acesso aos serviços prestados pela Divisão; Transparência Orçamentária, bem como Panorama Geral do Orçamento Institucional e da Matriz de custeio dos campi até o presente estágio do ano.

 

 

Informações de Lisiane Inchauspe de Oliveira.

Avalie a Unipampa no período de 8 a 19 de fevereiro

Por Franceli Couto Jorge

A Comissão Própria de Avaliação (CPA), da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), abre, no período de 8 a 19 de fevereiro, o processo de autoavaliação institucional. Toda a comunidade universitária pode e deve participar: estudantes dos cursos presenciais e a distância, técnico-administrativos em educação, tutores e docentes. A participação ocorrerá por meio de questionário enviado aos e-mails institucionais.

Neste ano, os eixos avaliados serão: planejamento e avaliação institucional; desenvolvimento institucional; políticas acadêmicas; políticas de gestão e infraestrutura física. Segundo a CPA, que é a responsável pela proposição e condução do processo, “a autoavaliação embasa um conjunto de ações voltadas para a melhoria do fazer da instituição”.

Os discentes que responderem completamente o questionário de avaliação terão direito a uma hora de Atividade Complementar de Graduação (ACG) no grupo gestão.

Pró-Reitores da PROPLAN participam de Media Training

Por convocação do Reitor, nas manhãs dos dias 09 e 11 de fevereiro, os Pró-Reitores da PROPLAN Viviane Gentil e Fabiano Sobrosa estarão participando do curso à distância Media Training e Comunicação Pública conduzido pela ACS Unipampa.
Media training consiste em um treinamento de técnicas e habilidades de imprensa, com objetivo de aperfeiçoar a capacidade de se relacionar e se comunicar com jornalistas e público, promovendo um diálogo eficaz.

Obras do Prédio 5 do Campus Bagé são retomadas

Por Tamíris Centeno Pereira da Rosa.

Na última terça-feira (26) a Universidade Federal do Pampa (Unipampa) assinou contrato com a Empresa MTK Construção Civil Eireli para a conclusão das obras do Bloco V do Campus Bagé e da torre de reservatório de água, em concreto armado que abastecerá o Campus com 75.000 litros (com área de expansão de 20.000 litros), mais 12.000 da reserva técnica de incêndio. O investimento total para o término das edificações é de R$ 4.266,317,41. O recurso para conclusão da obra é oriundo do Ministério da Educação (MEC), obtido a partir de tratativas que iniciaram em março de 2020.

O projeto arquitetônico e o orçamento foram atualizados durante os meses de abril a julho. De acordo com a Pró-reitora de Planejamento e Infraestrutura (Proplan), Viviane Gentil, o documento foi avaliado pela gestão e Conselho do Campus Bagé em agosto de 2020, quando todas as alterações foram aprovadas.

Desde 2012 parada, apesar de ter sido licitada novamente em 2015, a obra teve seu contrato rescindido antes mesmo de ser iniciada. Posteriormente, foi licitado novamente em 2019 para a conclusão da torre de reservatório de água, mas não houve empresas interessadas em executar a reforma.

Gentil ressalta que previamente foi realizada a contratação de laudo estrutural e verificadas as condições da estrutura do prédio. Através desse laudo foram organizadas as intervenções necessárias, incluídas no escopo da obra, o que permitiu sua retomada.

Segundo o reitor da Unipampa, Roberlaine Ribeiro Jorge, esta obra é uma demanda antiga da comunidade acadêmica e irá proporcionar espaços mais adequados a laboratórios, além da finalização da obra que vem se deteriorando com o tempo. “O prédio possui área total de 4.388,44m² a serem ocupadas por 19 laboratórios; 8 salas administrativas; duas salas de videoconferência; três conjuntos sanitários, (sendo um por pavimento, compostos por sanitários femininos, masculinos, PCD e DML); e uma central de resíduos e reagentes”.

“Cabe destacar também que um dos principais benefícios para a conclusão desta obra é a de que este prédio poderia ser utilizado para abrigar parte da Reitoria, que está em prédios alugados no centro da cidade de Bagé. A conclusão da obra poderia gerar uma economia de mais de R$ 120.000,00 por ano para a Instituição em aluguéis, sem contar nos postos de vigilância e zeladoria”, destacou Jorge.

Divulgação / ACS

Unipampa recebe cerca de R$ 975 mil para apoio à eficiência energética

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) obteve, no mês de dezembro, recurso financeiro no valor de R$ 974.950,00 para apoio à eficiência energética, destinado à aquisição e à instalação de cinco sistemas de Microgeração de Energia Fotovoltaico Conectado à Rede (SFVCR). O valor já foi empenhado e o contrato assinado nesta terça-feira, 22 de dezembro. Os sistemas com potência de aproximadamente 50 Wp (50 000 watts pico) cada serão distribuídos nos campi Caçapava do Sul, Jaguarão, São Gabriel, Santana do Livramento e Uruguaiana, que não haviam sido contemplados na aquisição de 2019.

Segundo a Pró-Reitoria de Planejamento e Infraestrutura (Proplan), atualmente, as despesas com energia elétrica na Unipampa absorvem cerca de 10% do custeio discricionário da instituição. “A tendência é o vertiginoso aumento deste custo, devido à proximidade na entrega de novos prédios e espaços físicos que contemplam laboratórios – com considerável necessidade energética – e salas de aula”, afirma o pró-reitor adjunto da Proplan, Fabiano Zanini Sobrosa.

Ainda conforme Sobrosa, com esta aquisição, estima-se a redução de custo em 20% do consumo de energia elétrica dos campi, representando aproximadamente R$ 300 mil por ano de economia para a Instituição em recursos de custeio. A previsão é que até o final do ano de 2021 todos os campi da Unipampa estejam com sistemas de Microgeração de Energia Fotovoltaicos instalados. Os sistemas já estão em fase de execução nos campi Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, Itaqui e São Borja.

 

Com informações de Fabiano Zanini Sobrosa

Painéis fotovoltaicos instalados no Campus Alegrete – Foto: Fabiano Zanini/PROPLAN
Painéis fotovoltaicos instalados no Campus Alegrete – Foto: Fabiano Zanini/PROPLAN

Reuniões com grupo de trabalho do FORPLAD e universidades trata sobre Gestão de Riscos

Na primeira semana de dezembro, representando o Comitê de Gestão de Riscos e o EPROC, os servidores Daniele Cunha e Pierre Martin, a convite da Pró-Reitora de Planejamento Viviane Gentil, participaram de algumas reuniões que discutiram temas relacionados à gestão de Riscos nas universidades. A primeira delas foi com o Grupo de trabalho do Fórum de Pró-Reitores de Planejamento e Administração, que tratou de apresentar projetos e propostas para o trabalho conjunto entre universidades. Além da UNIPAMPA, participaram da reunião representantes da UFCA, UFF, UFPR e UFSM.

Também foi realizada uma reunião para apresentação do trabalho realizado na UFCA, onde foi possível conhecer um pouco mais dos desafios enfrentados para implantação da Metodologia de Gestão de Riscos na Universidade, a importância da integração desse tema com os objetivos estratégicos da instituição e com o mapeamento e modelagem de processos e a utilização do sistema ForRisco.

Informações de Pierre Martin.

Comitê de Gestão de Riscos trabalha na Política e Metodologia de Gestão de Riscos na UNIPAMPA

O comitê de gestão de riscos, em suas reuniões periódicas, atua para atualizar a política de gestão de riscos da UNIPAMPA, baseando-se em documentos de referência, como por exemplo a política proposta pela Controladoria Geral da União (CGU). Além disso, faz parte das atividades do grupo, a construção de uma metodologia adaptada para o ambiente organizacional da universidade, visando subsidiar e facilitar o processo de gestão de riscos.

A estimativa do comitê é de finalizar os documentos no início de 2021 e enviá-los para análise do Comitê Estratégico. Para consultar mais informações sobre o Comitê de Gestão de Riscos, acesse o site https://sites.unipampa.edu.br/proplan/comite-de-gestao-de-riscos/

Informações de Pierre Martin.

 

FURG e UFSM compartilham experiências para elaboração do Relatório de Gestão da UNIPAMPA 2020

Na sexta-feira passada, dia 04/12, a equipe da PROPLAN reuniu-se com a FURG de manhã e com a UFSM de tarde para conversar sobre a elaboração do Relatório de Gestão.

Presentes:

– Pela Pró-Reitoria de Planejamento e Infraestrutura da UNIPAMPA – a Pró-Reitora de Planejamento e Infraestrutura, Viviane Kanitz Gentil, o Coordenador de Planejamento, Diego Veneroso Pereira, e a Chefe da Divisão de Planejamento Estratégico, Simone Silva Pires de Assumpção.

– Pela Pró-Reitoria de Planejamento e Administração da FURG – o Diretor de Planejamento, Diego D’Avila da Rosa, a Coordenadora de Planejamento, Karina Andrade Martinatto, e a Assistente em Administração da Coordenação de Planejamento, Andreia Sorressão Lucas.

– Pela Pró-Reitoria de Planejamento da UFSM – o Coordenador de Planejamento Informacional, Marcelo Lopes Kroth, e a Coordenadora de Planejamento e Avaliação Institucional, Giana Silva Giacomelli.

As equipes responsáveis pelo planejamento dessas duas instituições compartilharam suas experiências, meios e estratégias relativas à elaboração do Relatório de Gestão de cada universidade, cujo processo é regulado pelo TCU e atualizado anualmente. Ambas as reuniões ajudaram a esclarecer vários aspectos do processo e, consequentemente, do documento resultante, que é o Relatório de Gestão. Um dos resultados dessa interação foi a inserção do último Relatório de Gestão da FURG e da UFSM no processo de elaboração do Relatório de Gestão da UNIPAMPA 2020, como exemplos, para auxiliar os gestores responsáveis pela produção dos conteúdos do documento.

Informação de Simone Silva Pires de Assumpção.