Residência Pedagógica Unipampa

CAPES divulga Resultado Preliminar do PRP: O Projeto Institucional da UNIPAMPA foi aprovado

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou nesta quarta-feira, 10/08, o resultado preliminar do edital 24/2022 do Programa Residência Pedagógica (RP). O programa têm como objetivo fortalecer a formação de docentes em nível superior para a Educação Básica. A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) concorreu com projeto institucional preliminarmente aprovado.

A Residência Pedagógica ficou em 25º lugar no Rio Grande do Sul, com a pontuação final de 1.189,61 de um total de 1.500 pontos. Além da análise técnica do mérito dos projetos, ou seja, a adequação aos objetivos de cada programa, foram avaliados indicadores como esforço institucional para inclusão de maior número de discentes, institucionalização da formação de professores e da articulação da Instituição de Ensino Superior (IES) com as redes de ensino, esforço de expansão territorial dos subprojetos e experiência e qualificação da equipe docente da IES na formação de professores.

O projeto institucional contempla 16 cursos de Licenciaturas que compõem os subprojetos, articulando propostas formativas de 8 campus da Instituição, a saber: Alegrete, Bagé, Jaguarão, Dom Pedrito, Caçapava, São Gabriel, Uruguaiana, Itaqui e São Borja. As áreas de abrangência dos subprojetos são: Física, Química, Biologia, Matemática, Ciências, Língua Portuguesa, Inglês, Espanhol, Pedagogia, Geografia, História, Educação do Campo e Educação Física. Atuarão 14 docentes orientadores (docentes da instituição), 210 residentes (discentes cursando a partir do 5 semestre das licenciaturas) e 42 preceptores (docentes da escola pública), no período de 2022 a 2024..

 O projeto institucional é coordenado pela professora Dr.ª Claudete Robalos da Cruz, que atua no campus São Borja. O projeto foi elaborado colaborativamente com os docentes orientadores dos cursos de licenciaturas e contou com o apoio institucional da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd).

A professora agradece a colaboração dos docentes que participam com seus subprojetos e o apoio da instituição. E destaca que, após o resultado final previsto para a partir do dia 05/09, serão realizados os processos seletivos internos para residentes e preceptores (docentes da escola pública), assim como será realizado contato com as secretarias municipais e estaduais de educação para habilitação das escolas-campo na Plataforma CAPES de Educação Básica.

Acompanhe os processos seletivos pelo site da unipampa e/ou pelo site do Residência Pedagógica: https://sites.unipampa.edu.br/residenciapedagogica/

Por meio do edital 24/2022 a CAPES irá selecionar 250 IES para participarem do Programa Residência Pedagógica

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou  Regulamento (Portaria 82/2022) e o edital 24/2022 para seleção das Instituições que desejam participar do Programa Residência Pedagógica. No ranking,  somente 250 Instituições de Ensino Superior (IES) serão classificadas, na UNIPAMPA (PROGRAD), a professora Dr.ª Claudete Robalos da Cruz está coordenando e elaborando o projeto institucional, em conjunto com os cursos de licenciaturas que irão constituir os Núcleos de Residência Pedagógica. São 17 cursos de Licenciaturas que compõem os subprojetos, articulando propostas formativas de 8 campus da Instituição, a saber:  Bagé, Jaguarão, Dom Pedrito, Caçapava, São Gabriel, Uruguaiana, Itaqui e São Borja. As áreas de abrangência dos subprojetos são: Física, Química, Biologia, Matemática, Ciências, Língua Portuguesa, Inglês, Espanhol, Alfabetização, Geografia, História e Educação do Campo.

O resultado da participação da instituição no programa está previsto para o dia 05/08.

Posteriormente será realizada chamada pública para seleção de residentes (discentes de licenciatura que estão no 5 semestre do curso ou com 50% da carga horária total do curso) e preceptores (professores da educação básica).

Os projetos institucionais tem vigência de 18 meses, com carga horária mínima de 400 horas.

Para mais informações consulte site da capes: PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA- CAPES

II Aprochegar: Seminário de socialização de experiências de RP na UNIPAMPA – 2022

O evento II Aprochegar: Seminário de socialização de experiências de RP na UNIPAMPA – 2022que se constitui em uma das ações realizadas pelo  Programa de Residência Pedagógica da UNIPAMPA.

O evento acontecerá no dia 30 de março de 2022, às 18h, com transmissão pelo canal da Prograd no seguinte link https://www.youtube.com/progradunipampa .

Na ocasião haverá o painel denominado O Programa de Residência Pedagógica e suas contribuições para formação acadêmico-profissional de professores na UNIPAMPA, com a participação da Profa. Dra. Cristiane Antonia Hauschild Johann (Presidente do FORPIBID-RP), Profa. Mestra Lorena Lins Damasceno (Coordenadora Geral de Formação de Docentes da Educação Básica CGDOC-CAPES) e a Profa. Dra. Claudete da Silva Lima Martins (Coordenadora Institucional do Programa de Residência Pedagógica da UNIPAMPA).

Esclarecemos que no dia 23/03/2022 aconteceu a socialização das experiências de residência pedagógica desenvolvidas no Programa de RP da UNIPAMPA (2020-2022), por meio de vídeos disponibilizados no canal da Prograd, no seguinte link https://www.youtube.com/progradunipampa.

image.jpeg

Concluída a primeira edição do Programa Residência Pedagógica – Campus São Borja.

No dia 15 de Janeiro do corrente ano ocorreu a conclusão da primeira edição do Programa Residência Pedagógica na Unipampa – Curso de Ciências Humanas, Campus  São Borja, que teve início em agosto de 2018. O referido programa é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem como finalidade promover a experiência de regência em sala de aula aos discentes da segunda metade dos cursos de licenciatura, em escolas públicas de educação básica, acompanhados pelo professor da escola.

O núcleo Multidisciplinar de Geografia e História do Campus São Borja finalizou as atividades nas escolas-campo Sagrado Coração de Jesus, Duque de Caxias e Arneldo Matter. A experiência foi considerada exitosa e de grande valia para formação do licenciado, assim como para o conhecimento e compreensão do ambiente de trabalho do futuro profissional da educação.

Acadêmicos do Curso de Ciências Humanas participantes do RPRelato de Experiência e exposição dos projetos realizados na escola -campoEquipe do Residência Pedagógica do Campus São Borja

Participação no IX EREBIO Sul

No mês de outubro de 2019, a residente Fabiana Gomes Guntzel da E.M.E.F. Professor Bernardino Tatú (núcleo Ciências da Natureza Dom Pedrito) participou do IX Encontro Regional de Ensino de Biologia – Região Sul, na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). No evento, a residente apresentou o trabalho: “Detectvie Frog: um jogo de hipóteses como recurso para o ensino de ciências da natureza no contexto do Programa Residência Pedagógica”.

Link do evento: https://erebiosul.wixsite.com/erebiosul/copy-of-programacao

Oficina no Intra RP – Unipampa

No mês de dezembro de 2019, o núcleo de Ciências da Natureza de Dom Pedrito participou do Intra RP – Unipampa promovido no Campus Bagé. Foram dois dias de intensas atividades que possibilitaram o compartilhamento de experiências e socialização entre todos os participantes do programa. No dia 05.12, o núcleo ministrou a oficina “Construção de vasos auto irrigáveis com garrafas pet”. A oficina contou com uma atividade cultural, em que os oficineiros cantaram a música “A flor e o beija-flor” na Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Abaixo alguns registros da participação do núcleo no evento.

 

Participação do núcleo Ciências da Natureza DP na Mostra da Extensão e no Anima Campus

O núcleo de Ciências da Natureza Dom Pedrito do Programa Residência Pedagógica, participou no mês de novembro de 2019 dos seguintes eventos promovidos no Campus: Mostra da Extensão e Anima Campus. A Mostra da Extensão ocorreu no dia 05 de novembro no CTG Herança Paternal. No evento, residentes e orientadores apresentaram materiais didáticos de Ciências da Natureza confeccionados pelo grupo e atividades práticas experimentais que permitiram a interação com os visitantes.

Mostra da Extensão do Campus Dom Pedrito

 

O Anima Campus ocorreu no dia 24 de novembro. No evento, o núcleo ministrou oficinas sobre a construção de vasos auto irrigáveis com garrafas pet.

Anima Campus

Trabalhos no EnlicSul 2019

Residentes, preceptoras e orientadoras do núcleo de Ciências da Natureza Dom Pedrito, tiveram trabalhos aprovados no III Encontro das Licenciaturas Região Sul (Enlic Sul):

Cleusa Maria Dos Santos Mancilia, Franciele Braz de Oliveira Coelho, Maria Alice Acosta

 

Fernanda Tarouco Gonçalves, Juliana Martins Rodrigues, Franciele Braz de Oliveira Coelho, Debora Muller Correia

 

Thais Freitas Souza, Jussiara Caminha, Franciele Braz de Oliveira Coelho, Márcia Garcez de Ávila​

 

Jéssica Solange Postiglioni Terterola, Débora Correa Muller, Franciele Oliveira Coelho

 

Jussiara Rodrigues Caminha, Thais Freitas Souza, Danieli Brinhol Portilho, Márcia Garcez Ávila, Franciele Braz de Oliveira Coelho

 

Caroline dos Santos Xavier, Débora Muller, Franciele Braz de O. Coelho

 

Link do evento: https://eventos.ufpr.br/enlic/ENLICSUL2019/schedConf/presentations

Participação no 11º SIEPE Unipampa

Residentes, preceptoras e orientadores do núcleo de Ciências da Natureza Dom Pedrito participaram do 11º Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE) da Unipampa. No evento foram apresentados os seguintes trabalhos:

HORTA NA ESCOLA: DIRECIONANDO O ESTUDO DE CONCEITOS DE CIÊNCIAS AO COTIDIANO DO ALUNO. Autoras: Karen Machado da Cunha;  Maria Alice Moreira Acosta,; Franciele Braz de Oliveira Coelho.

A IMPORTÂNCIA SOBRE A PREVENÇÃO DO AEDES AEGYPTI NA COMUNIDADE ESCOLAR. Autoras: Quéli Chemello Piecha; Crisna Daniela Krause Bierhalz; Karen Machado da Cunha.

UM OLHAR VOLTADO PARA A PRÁTICA EXPERIMENTAL NO ENSINO FUNDAMENTAL. Autoras: Viviane Oliveira Melo de Souza; Franciele Braz De Oliveira Coelho.

USO DE HISTÓRIA EM QUADRINHO COMO INSTRUMENTO AVALIATIVO NO ENSINO DE CIÊNCIAS. Autoras: Líslei Machado de Azambuja; Franciele Braz De Oliveira Coelho; Juliana Castilhos Paz.

O USO DO MODELO DIDÁTICO PIRÂMIDE ALIMENTAR NA APRENDIZAGEM DOS PRINCÍPIOS DE UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL.  Autoras: Emanuelle Boeno Stochero; Franciele Braz De Oliveira Coelho; Tatiane Fontoura Garcez; Debora Muller Corrêa.

ESTÁGIO CURRICULAR EM CIÊNCIAS DA NATUREZA: PERCEPÇÕES DA GESTÃO ESCOLAR E DO PROFESSOR REGENTE. Autoras: Juliana Castilho Paz; Cadidja Coutinho; Lislei Azambuja Machado Duarte; Maria Alice Acosta; Franciele Braz de Oliveira.

PRODUÇÃODOPAPELSEMENTEAPARTIRDOSCONCEITOSDATABELAPERIÓDICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO III – ENSINO FUNDAMENTAL. Autoras: Cleusa Mancilia; Maria Silvana Aranda Moraes; Angélica Rodrigues Tarouco; Clarisse de Mattos Machado; Jessie H. Sudatti.

A FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS DA NATUREZA E A PRÁTICA INTERDISCIPLINAR E INCLUSIVA NO CONTEXTO ESCOLAR. Autoras: Fabiana Gomes Guntzel; Franciele Braz de Oliveira Coelho.

DESENHO UNIVERSAL PARA APRENDIZAGEM: UMA METODOLOGIA DE ENSINO PARA O ENSINO MÉDIO. Autores: Uilson Tuiuti Vargas Gonçalves; Franciele Braz de Oliveira Coelho.

O TEMA SAÚDE NA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR: UMA ANÁLISE PRÉVIA. Autoras:  Maria Alice Moreira Acosta; Cadidja Coutinho.

Os textos encontram-se nos anais do evento: https://eventos.unipampa.edu.br/siepe/anais/

Melhorias nas escolas-campo do Programa Residência Pedagógica

O núcleo de Ciências da Natureza – Dom Pedrito organizou espaços que buscam promover melhorias nas escolas-campo vinculadas. Na E.E.E.M. Nossa Senhora do Patrocínio foi organizada, pelos residentes e preceptora, uma sala de estudos para os alunos da escola. Este espaço é destinado ao Grêmio Estudantil da referida escola e agora poderá também, servir como espaço de estudos. Abaixo alguns registros do local:

Na E.M.E.F. Professor Bernardino Tatú, residentes, preceptora e orientadora, organizaram um espaço cultural que disponibilizou para a comunidade escolar livros e revistas. Esta ação busca atender uma demanda da escola, a qual não possui biblioteca.

No I.E.E. Bernardino Ângelo, o grupo de residentes e preceptora, optou por ampliar a área desenvolvida pela residente Karen Cunha para suas atividades de regência – uma horta na escola. Este espaço possibilitou o estudo de conceitos de Ciências da Natureza e seus produtos estão sendo utilizados pelo refeitório da escola.

Com a organização destes espaços, o referido núcleo buscou além da promoção de melhorias para o Ensino de Ciências da Natureza, também deixar a marca do Programa Residência Pedagógica nas escolas participantes.