Participação II SCIPROT

           O SCIPROT, ocorrido no dia 24 de setembro no campus Alegrete, tem como objetivo a demonstração de trabalhos acadêmicos na área tecnológica que validem questões importantes de pesquisa ou apresentem protótipos inovadores. Alguns dos membros do Clube do Rádio estiveram presentes nas apresentações de projetos.

O membro Rodrigo Facco, apresentou o projeto de um Receptor ADS-B Banda L para o Rastreamento de Aeronaves em Tempo Real que consiste em um conjunto de dispositivos para recepção de sinais que compõem um sistema de monitoramento de aeronaves em plataformas terrestres no padrão ADS-B. Um amplificador de baixo ruído, uma antena monopólo e um filtro SAW passa-faixa foram desenvolvidos para operarem com frequência central de 1,09 GHz. Além disso, as estruturas de RF foram simuladas através do software ANSYS HFSS de análise eletromagnética. Os procedimentos de projeto são descritos e os protótipos validados através de medições individuais de cada dispositivo.

            Também participou do evento Henrique Finatto com o projeto de Transmissor OOK Ultrassônico para Aplicações de IoT que  apresenta uma proposta de transmissor do tipo On-Off Keying (OOK), utilizando sinais de ultrassom e transdutor piezoelétrico. O transdutor piezoelétrico é caracterizado para a obtenção da impedância de entrada, carga do circuito transmissor. Com base nisso o circuito transmissor é projetado para operar na frequência de 40kHz. O circuito foi simulado, prototipado em matriz de contatos e uma placa de circuito impresso foi desenvolvida. Os resultados experimentais mostram que o circuito atendeu aos requisitos desejados e pode ser empregado na comunicação de dispositivos de internet das coisas (IoT). 

           Além destes, o projeto do membro Marconi Giacomini, Sistema de iluminação pública inteligente, que refere-se ao desenvolvimento, projeto e aplicações de um sistema de iluminação inteligente sustentável, fazendo o uso da rede de iluminação já existente utilizando técnicas de controle de iluminação e micro-geração localizada a fim de aprimorar a rede de iluminação já existente e reduzir custos na instalação de redes de iluminação remotos.

           Estiveram também presentes no evento integrantes de outros grupos de Pesquisa e Extensão do Campus Alegrete.