Orientações de uso

Google Meet

As orientações a seguir consideram o uso da ferramenta com a licença e usuário institucional (@unipampa.edu.br)

Como criar uma reunião:

  • Acesse o Google Meet;
  • Clique em [Iniciar ou participar de uma reunião];
  • Defina um nome para a reunião e clique em [Continuar];
  • Clique em Participar agora.

Como adicionar participantes em uma reunião:

  • Ao criar uma reunião o sistema irá disponibilizar um link de acesso. Basta compartilhar o link com os demais participantes;
  • Outra opção é clicar em [Adic.pessoas] e informar os endereços de e-mail dos participantes;
  • Com a reunião em andamento, a qualquer momento é possível copiar o link de participação, clicando em [Detalhes da reunião].

Como agendar uma reunião:

  • Acesse calendar.google.com ou clique no ícone da agenda, na pagina inicial do Gmail;
  • Clique em [criar um evento]
  • Informe um título (1);
  • Defina um horário (2);
  • Relacione os participantes (3);
  • Adicione um link do meet (4);
  • Ajuste os demais detalhes, como notificações, visibilidade e descrição;
  • Clique em [Salvar] (5).
  • Clique em [Enviar] para notificar os convidados.

Os convidados poderão encaminhar o link da reunião para outras pessoas.


Como gravar uma reunião:

  • Abra o Google Meet e inicie uma reunião (ou participe de uma);
  • Clique nos três pontos no canto inferior direito, ao lado de “Apresentar agora”;
    como gravar uma chamada de video/reprodução/bárbara chieregate
  • Selecione “Gravar a reunião”;
  • Os participantes serão avisados sobre a gravação. Alguns segundos depois, você verá o ícone “Gravando” no canto esquerdo da tela;
  • Ao terminar, clique nos três pontos e em “Interromper gravação”;
  • Clique mais uma vez em “Interromper gravação” para confirmar;
  • Aguarde até o arquivo da gravação ser gerado;
  • Ele ficará armazenado em Meu Drive > pasta de gravações do Meet do organizador;
  • O organizador da reunião também receberá um e-mail com o link da gravação.


Como transmitir uma reunião (ao vivo):

  • Quem pode assistir a uma transmissão ao vivo?
    • Qualquer pessoa com o link. Entretanto, estas pessoas não serão vistas nem ouvidas na reunião, também não podem apresentar a tela, gravar nem utilizar o chat.
  • Quem pode interagir durante uma transmissão ao vivo?
    • Somente os participantes com login institucional (@unipampa) podem interagir para iniciar, interromper ou gravar a transmissão. Os convidados que apenas assistem à reunião não podem participar dela nem controlar a transmissão e a gravação.
  •  Procedimentos para configurar a transmissão:
    • Após o agendamento da reunião, verifique que no ‘passo 4’ (Adicionar link do meet), ao clicar na seta um novo menu será exibido. Clique em [Adicionar transmissão ao vivo] e copie o link de transmissão para disponibilizar aos participantes.
       
    • Para iniciar a transmissão, ao entrar no meet, o organizador deverá clicar em [Iniciar streaming];
    • O link de transmissão pode ser disponibilizado antes da reunião, neste caso os espectadores receberão um aviso para aguardar o início da transmissão.

Limitações do Google Meet:

  • Número de participantes: Limitação para 100 participantes;
  • Gravações:
    • As gravações já realizadas serão mantidas com as políticas originais (permissão para downloads e compartilhamentos);
    • A partir de Agosto/2020 as novas reuniões gravadas serão consideradas “temporárias” e ficarão disponíveis por 30 dias, sem permissão para downloads e compartilhamentos.
  • Transmissões ao vivo: As transmissões ao vivo no domínio (unipampa.edu.br) não serão mais disponibilizadas;
  • Tempo de transmissão: A limitação de 60 minutos, divulgada pela Google, vale APENAS para usuários da versão gratuita. A Unipampa possui contrato de utilização do GSuite, portanto a restrição de tempo NÃO SE APLICA ao uso institucional.

Orientações de Segurança:

De acordo com a Google, o Meet disponibiliza uma série de medidas para evitar o abuso e proteger as reuniões contra invasores. Destacamos algumas possibilidades:

  • Cuidados com o código da reunião: Cada código de reunião é formado por 10 caracteres aleatórios, o que dificulta que alguém consiga “adivinhar” os códigos e acessar as reuniões. Desta forma, sugere-se que somente os participantes sejam informados;
  • Controles do organizador: O organizador, ou anfitrião (pessoa que criou a reunião), poderá definir uma série de permissões ou restrições entre as quais:
    • Silenciar o microfone de qualquer participante;
    • Remover qualquer participante;
    • Permitir ou bloquear o uso do chat para os demais participantes;
    • Permitir ou bloquear o compartilhamento de tela para os demais participantes;
    • Proibir a participação anônima.