Novo projeto selecionado para Incubação

Na manhã do dia 15/01/2019 os membros da equipe “P-Glove Luva Inteligente para Detecção de Gestos” apresentaram seu Plano de Negócio ao programa de incubação do PampaTec. Perante a Comissão de Seleção, formada por Luciano Kelbouscas, Diretor da Unopar Alegrete, Raul Ledur, Sócio e Diretor Comercial da Esco-GD Energia, Andreia Fogassa, servidora da Unipampa e Émerson Rizzatti, coordenador da Incubadora do PampaTec, apresentaram seu plano para criação da empresa que irá produzir e comercializar a luva P-Glove como uma ferramenta de auxílio a profissionais da área da saúde para a detecção de anomalias, disfunções, fadigas ou problemas cognitivos direta ou indiretamente relacionados à mão ou ao braço, através de um aplicativo que interpreta os dados fornecidos pela luva e fornece informações para ajudar no diagnóstico e no tratamento.

A empresa terá entre os sócios 3 alunos da Unipampa Felipe Antunes Quirino, Marcelo Romanssini, Vinícius Rodrigo Vieira, que pretendem levar ao mercado a primeira versão comercial da luva no mês de agosto de 2020 e atingir em 2021 a meta de 5 empregos gerados e R$ 140.000,00 de faturamento bruto. O Investimento inicial será composto por R$ 60.800,00 captados através do edital Centelha, mais R$3.000,00 dos sócios.

Em sua avaliação, o empresário Luciano Kelbouscas deu nota máxima no critério de Potencial de inovação tecnológica do projeto, definindo-o como uma inovação Radical, pois pretende desenvolver uma tecnologia “vestível” e introduzí-la na área da saúde. No entanto, alertou para a dificuldade da entrada de novos produtos nessa área e sugeriu a estratégia de validação da tecnologia em centros de referência como o Hospital Sarah Kubicheck.

Por sua vez, o empresário Raul Ledur, Engenheiro Eletricista formado pela Unipampa e fundador da primeira empresa incubada no PampaTec, além de concordar com a avaliação de Kelbouscas, passou a sua experiência na gestão da área comercial como sugestão para os fundadores da nova empresa, alertando para a necessidade de um profundo conhecimento sobre o produto por parte da equipe que será responsável pela comercialização da solução oferecida com a luva.

Émerson e Andreia, como servidores da Unipampa e membros da equipe do PampaTec reforçaram aos fundadores da nova empresa o compromisso em proporcionar suporte e orientação quanto a gestão do negócio, além da estrutura disponível.

A partir de agora, o grupo tem 60 dias para a constituição jurídica da empresa e a formalização do contrato junto ao programa de incubação do PampaTec.

Horário Especial de Atendimento de 13 de janeiro a 06 de março de 2020

Em atendimento às determinações da Reitoria da UNIPAMPA, informamos os dias e horários de atendimento da equipe administrativa do PampaTec.fique atento

REGIME DE TURNO ÚNICO (Portaria 2326, de 27 DE DEZEMBRO DE 2019), de acordo com os dias e horários a seguir:horario especial de atendimento

de 13 de janeiro a 06 de março de 2020, de Segunda a Sexta-feira – das 08:00 às 14:00

* Somente no Dia 26/02/18 – das 14:00 às 18:00

Painel: Como apoiar a Inovação no Pampa Gaúcho

Participe do Painel:

Como apoiar a inovação no Pampa Gaúcho?

 

Debatedores:

Guilherme Dal Molin Pombo

Advogado na área empresarial

Rodrigo J. Bon Talge

Advogado Especialista em Startups

Adão Fontoura Jr.
Empresário

Sócio na Dfensul Segurança Inteligente

 

05/12 – 19h – Auditório da UNIPAMPA em Alegrete

Lançado o Programa INOVA RS

Na tarde do dia 27/11 foi realizado no Auditório Professora Márcia Cera, no Campus Alegrete da UNIPAMPA, o ato oficial de Lançamento do Programa INOVA RS. O ato contou com a presença de representantes dos municípios das regiões da Campanha e Fronteira Oeste, dos setores Público, Empresarial, Universitário e Sociedade.mapa das regiões do INOVA RS

O Programa INOVA RS propõe a construção de uma agenda comum entre os atores dos ecossistemas de inovação de todas as regiões do estado. Esta agenda articula projetos voltados ao desenvolvimento econômico e social das regiões. Para isto, são utilizados os ativos existentes no Estado. O programa estimulará o investimento em inovação tecnológica para potencializar o crescimento do Estado e para torná-lo um lugar capaz de gerar, reter e atrair empreendedores, negócios e investimentos intensivos em conhecimento.

Desenvolvido pela Secretaria de Inovação Ciência e Tecnologia (SICT), em parceria com representantes da quádrupla hélice da inovação (sociedade civil organizada, setores empresarial, acadêmico e governamental) de diferentes regiões do Rio Grande do Sul, o INOVA RS teve sua metodologia inspirada em projetos já existentes no Brasil e no mundo, os quais apresentaram resultados positivos quanto ao desenvolvimento econômico e social das regiões onde estão inseridos.

Primeiro plano: Secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luis Lamb. ao fundo, membros do INOVA RS da Fronteira Oeste e Campanha

Durante o ato de lançamento em Alegrete, o Secretário Estadual de Inovação Ciência e Tecnologia, Luis Lamb, fez a apresentação do plano do Governo para a inovação como ferramenta para o desenvolvimento e declarou que a primeira fase de implementação do programa foi realiza ao percorrer todo o Estado com um movimento pró-inovação (veja o video). A equipe da SICT apresentou a metodologia de trabalho do Programa e como os atores locais poderão contribuir de maneira articulada para promover a inovação na região.

Segundo Vitor Almada, Diretor do PampaTec, a principal proposta de valor do INOVA RS é a descentralização das ações do Governo do RS para promoção da inovação, sem impor um modelo pronto, mas potencializando as ações já existentes nas regiões envolvidas. Além disso, haverá investimento de recursos do Estado na contratação de 3 pessoas para executar as ações de forma intensa e dedicada nos municípios da região.

Seguindo a metodologia do Programa, ocorreu a criação dos comitês estratégico (formado por lideranças representativas de suas áreas de atuação na quádrupla hélice) e técnico (formado por pessoas reconhecidas por sua capacidade técnica na área de gestão, inovação, planejamento e projeto), os quais serão formalizados por meio de Portaria do Governador do Estado e terão como missão a definição da visão de futuro para a inovação na região, assim como deverão criar uma identidade do programa local e trabalhar em um modelo de financiamento e uma estratégia de comunicação.

Acompanhe o andamento do projeto no site https://www.inova.rs.gov.br/programa-inovars ou na página da Secretaria no Facebook https://www.facebook.com/secretariadeinovacaors/

Professora Nádia Bucco, representando a Reitoria da UNIPAMPA.
Prefeito de Alegrete, Márcio Amaral, falou em nome dos prefeitos das regiões envolvidas.
Roberlaine Jorge, Diretor do Campus Alegrete da UNIPAMPA
Luis Lamb, Secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do RS

Premiados os Vencedores do Desafio de Negócios Inovadores 2019

No dia 17/10 aconteceu a grande final do Desafio de Negócios Inovadores 2019, na Unopar Polo Alegrete, foi realizada apresentação dos protótipos ganhadores e premiação de R$ 2.000,00 para cada um deles. Este recurso é oriundo do Edital “Valor S”, processo criado pela cooperativa Sicredi Pampa Gaúcho para apoiar financeiramente entidades em prol do desenvolvimento da nossa região, em projetos nas áreas de Educação e Cultura; Empreendedorismo; Segurança e Saúde. Reconhecimento pelo importante papel deste evento no fomento ao empreendedorismo e Desenvolvimento Regional.

Esta foi a última etapa da 7ª edição do Desafio de Negócios Inovadores, que é um evento coordenado pelo Parque Científico e Tecnológico do Pampa – PampaTec, realizado em conjunto com o Campus Alegrete da UNIPAMPA, com apoio da Prefeitura de Alegrete, SEBRAE, Esco-GD Tecnologia em Energia, Instituto Federal Farroupilha, URCAMP, UNOPAR e Aprovação pré-vestibular.

Conforme relata o Diretor do PampaTec, Vitor Almada, “este momento possibilitou que os novos empreendedores tenham feedback de empresários, investidores, professores e demais presentes no evento, bem como, agrega uma rede de contatos, melhoria nos projetos através da experiência transmitida pelos jurados e valor financeiro de até R$ 10.000, que será disponibilizado pelo Sicredi, aos melhores colocados. Estes fatores somados aumentam as chances desses novos negócios ganharem mercado, podendo solucionar questões sociais, econômicas e ambientais.”

Para o Coordenador da Incubadora Tecnológica, Émerson Rizzatti “o evento contribui com o Ecossistema de inovação, uma vez que consegue movimentar empresários, aceleradoras, universidades, alunos, professores e investidores em prol de um objetivo comum de desenvolver nossa região através do Empreendedorismo de Base Tecnológica”.

Os ganhadores do Desafio 2019, com prêmio de R$ 2.000,00 para cada projeto, são:

Colocação Projeto / Autores
1º Lugar CNC Router de Pintura para Prédios
Autores:
Anderson Luiz Leal Torres
Jefferson Pires da Rosa Junior
2º Lugar Karttroller – Veículo de Passeio sobre Trilhos
Autor: Oscar Roodes Rodrigues
3º Lugar Yosoy – Plataforma centralizadora de serviços
Autores:
Vagner Ereno Quincozes
Rafael Barboza Torres
Luiz Felipe Nunes Bairros
4º Lugar Sistema de Monitoramento e Controle Remoto de Motores Elétricos
Autores:
Wellerson Killian
Kelton Severo da Rosa
Marconi Giacomini
5º Lugar P-Glove – Luva Inteligente para Detecção de Gestos
Autores:
Felipe Antunes Quirino
Marcelo Romanssini

FOTOS DO EVENTO.

Iniciado o Desafio de Negócios Inovadores 2019

Teve início nesta quinta-feira, 26/09, no Auditório da Unipampa Campus Alegrete, a 7ª edição do Desafio de Negócios Inovadores, evento coordenado pelo Parque Científico e Tecnológico do Pampa – PampaTec, com apoio da Prefeitura de Alegrete, SEBRAE, Esco-GD Tecnologia em Energia, Instituto Federal Farroupilha, URCAMP, UNOPAR e Aprovação pré-vestibular.

Além disso, como reconhecimento ao seu importante papel no fomento ao empreendedorismo, este projeto foi selecionado no Edital do “Valor S”, processo criado pela cooperativa Sicredi Pampa Gaúcho para apoiar financeiramente entidades em prol do desenvolvimento da nossa região, em projetos nas áreas de Educação e Cultura; Empreendedorismo; Segurança e Saúde.

O evento contou a presença do diretor do campus Alegrete Unipampa, professor doutor Roberlaine Ribeiro Jorge e do prefeito Márcio Amaral.

Neste ano houve algumas inovações no formato do evento, que passou a contar com um filtro científico e tecnológico do SCIPROT – II Seminário de Ciência e Inovação Tecnológica em Protótipos, tem como objetivo a demonstração de trabalhos acadêmicos na área tecnológica que validem questões importantes de pesquisa ou apresentem protótipos inovadores. Os protótipos selecionados no SCIPROT foram convidados a participar do Desafio 2019.

Foram realizadas  apresentações de 18 protótipos  nas áreas Engenharia de Software, Energias renováveis, Sustentabilidade, Gestão no Agronegócio e Indústria. Todos tiveram o tempo de 3 minutos (formado Elevator Pith) para expor seus projetos e responder as seguintes perguntas: Qual Problema o projeto resolve? Qual a inovação desse projeto? e Qual segmento de clientes? No total, contamos com a presença de mais de 100 pessoas.

VEJA TODAS AS FOTOS.

Conforme relata o Diretor do PampaTec, Vitor Almada “este evento tem como propósito ser um catalisador de novas ideias na área de tecnologia e inovação, buscamos transformar essas novas ideias em produtos que estejam no mercado solucionando problemas regionais no campo e na cidade, trazendo melhoria econômica, social e ambiental.”

Para o Coordenador da Incubadora Tecnológica, Emerson Rizzatti “O evento contribui para cumprir a missão do PampaTec de Desenvolver a região através do empreendedorismo de Base Tecnológica, atraindo novos negócios formados em sua maioria por alunos egressos dos cursos da UNIPAMPA, que surgem dentro da Incubadora Tecnológica do PampaTec e irão gerar inovação tecnológica, novos empregos e renda, contribuindo também para manter nossos melhores alunos trabalhando em Alegrete, gerando riqueza na economia local.”

 

As próximas datas do Desafio são:

03 de Outubro, Palestra sobre capital e investimento, com Aislan Menk – Aceleradora STARS (Sala 101 – Unipampa). => INSCRIÇÃO GRATUITA <=

09 de Outubro, Palestra sobre Diferenciação de mercado.

10 de Outubro, Mostra dos Protótipos, das 14h às 17h, na Agência Sicredi Centro – Neste dia TODOS os participantes poderão VOTAR nos protótipos.

17 de Outubro, Premiação e palestras sobre empreendedorismo (UNOPAR Alegrete).

Empresa instalada na Incubadora Tecnológica do PampaTec se apresenta em Congresso Internacional

A Porthal Sistemas, empresa desenvolvedora do aplicativo Agrare para Gestão do Agronegócio, se apresentou no Congresso Sul Americano de Agricultura de Precisão e Máquinas Precisas – APSUL AMÉRICA, que aconteceu nos dias 24 e 25 de setembro de 2019 no Parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque/RS. O evento teve como tema nesta edição “AGRICULTURA DIGITAL: O PRODUTOR RURAL NO CENTRO DAS NOVAS TECNOLOGIAS”.

A participação da empresa Porthal neste evento foi facilitada por estar incubada no PampaTec, fato que possibilita ter acesso às oportunidades propiciadas pela REGINP, Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação, que é formada por Parques Tecnológicos e outros ambientes promotores de empreendedorismo e inovação do Rio Grande do Sul.

O objetivo da participação da Porthal Sistema no APSUL América foi apresentar o aplicativo Agrare, que é uma ferramenta para gestão da produção pecuária e agrícola, com objetivo de auxiliar o produtor rural no manejo da produção e no controle financeiro da propriedade.

Segundo Vitor Almada, Diretor do PampaTec “O Agrare vem para suprir a necessidade do mercado regional por um Sistema de Gestão no Agronegócio. Além de ser mais um exemplo de empresa de Base Tecnológica, formada por alunos egressos dos cursos da UNIPAMPA, que surge dentro da Incubadora Tecnológica do PampaTec e irá gerar inovação, novos empregos e reter nossos melhores alunos trabalhando em Alegrete, contribuindo com a economia local.”

A empresa Porthal foi criada por Alex Backer, formado em Engenharia de Software pela UNIPAMPA, e que atualmente conta com com uma equipe de 6 colaboradores, entre profissionais formados e alunos da UNIPAMPA.

Para Alex, “iniciar a empresa incubada no PampaTec nos abre portas para atingir muitos clientes que sozinhos teríamos muita dificuldade para alcançar. Além disso, participar de eventos como a APSUL nos permite estar em contato com os produtores, que são nossos clientes principais, assim como encaminhar parcerias para futuros negócios”.

Para o Produtor Rural interessado em conhecer o Agrare, um sistema de Gestão do Agronegócio, fácil de usar e com as informações mais importantes sobre sua produção, basta acessar o site www.agrare.com.br e solicitar uma demonstração gratuita.

Lançado Edital de Empresas Associadas

Com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de inovação tecnológica por empresas que já estão atuando no mercado há mais de 4 anos, a UNIPAMPA lançou um edital para selecionar propostas de novos empreendimentos de base tecnológica, empresas de base científica ou tecnológica consolidadas, laboratórios de propósito específico ou entidades de apoio às iniciativas do PampaTec, doravante denominadas ORGANIZAÇÕES ASSOCIADAS, a serem instituídos no âmbito do PampaTec.

Neste edital, serão aceitas propostas de ORGANIZAÇÕES ASSOCIADAS nas seguintes categorias:

a) RESIDENTES: pessoas jurídicas que apresentem projeto para desenvolver produtos, processos ou serviços tecnologicamente inovadores em conjunto com a UNIPAMPA, a se instalarem na infraestrutura oferecida no PampaTec;

b) NÃO-RESIDENTES: pessoas jurídicas que apresentem projeto para desenvolver produtos, processos ou serviços tecnologicamente inovadores ou investidoras em acordo de cooperação ou convênio com a UNIPAMPA e que não necessitam estar instaladas na infraestrutura oferecida pelo PampaTec.

=> Clique para ler o Edital

 => Clique aqui e marque uma reunião para conversar conosco e saber mais!

Empresas sediadas no PampaTec já geraram mais de 70 empregos e R$ 3 milhões em impostos

O PampaTec é o órgão da UNIPAMPA (Universidade Federal do Pampa) responsável por incentivar o empreendedorismo e a inovação tecnológica, que iniciou suas atividades em abril de 2015.

Desde então, já apoiou o surgimento de 7 empresas iniciantes, que juntas já somam mais de 50 profissionais contratados diretamente e mais de R$ 10 milhões em faturamento, resultando em mais de R$ 3 milhões em impostos arrecadados.

As 7 empresas atuam em áreas intensivas em tecnologias de ponta, tanto na geração de energia a partir de fontes limpas como eólica, solar e hidráulica, quanto no desenvolvimento de software para smartphones, o que exige a contratação de pessoas altamente qualificadas, especialmente os egressos das Instituições de Ensino sediadas na cidade.

Conforme Vitor Rodrigues Almada, Diretor Executivo do PampaTec, “o investimento  feito pelos governos Estadual e Federal na implantação do Parque retorna para a sociedade não só em impostos arrecadados pelas empresas aqui sediadas, mas também nos empregos por elas gerados, nas tecnologias inovadoras que são trazidas para a região, mas principalmente nas tecnologias que são vendidas daqui para o resto do mundo”.

Para Émerson Oliveira Rizzatti, Coordenador da Incubadora de Empresas do PampaTec, proporcionar um ambiente altamente favorável à criação de novas empresas baseadas em tecnologias inovadoras é um dos papéis mais importantes de uma Universidade, pois é uma das maneiras de colocar em práticas as teorias que são trabalhadas na Pesquisa e no Ensino acadêmico.

Na visão do diretor do Campus Alegrete da UNIPAMPA Prof. Dr. Roberlaine Ribeiro Jorge, “essa integração entre ensino, pesquisa, extensão e atividades práticas com projetos que visam colocar o aluno no mercado de trabalho, transformam o conhecimento acadêmico em soluções para comunidade, empreendendo, gerando emprego, renda, novas tecnologias e desenvolvimento regional. Estas ações são algumas das consequências da chegada da Universidade Federal do Pampa na nossa região”.

Além disso, conforme Almada, o apoio das administrações que se sucederam na Prefeitura de Alegrete, desde 2008, foram fundamentais para criação deste ecossistema, desde a doação da área para instalação da UNIPAMPA e do PampaTec até a criação de processos simplificados para abertura e regularização do alvará das empresas, junto ao Executivo Municipal.

Como visão de futuro, a Direção do PampaTec acredita que as áreas estratégicas para novos negócios e inovação tecnológica a partir da Fronteira Oeste serão em soluções tecnológicas que envolvam Água, Energia e Alimentos, por serem itens com previsão de escassez no mundo nos próximos anos.

Quem tiver interesse em conhecer mais sobre o PampaTec pode agendar uma visita pelo telefone 55-34218417 ou clicando AQUI.
Ou siga as postagens na página do Facebook https://www.facebook.com/pampatec.parque.tecnologico/  .