Arquivo da categoria: Sem categoria

Dia do Tradutor e Intérprete de LIBRAS

Parabéns!!! 26 de julho - Dia do Tradutor e Intérprete de LIBRAS

Em 26 de julho comemora-se o Dia do Tradutor e Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) que é o profissional responsável por prestar serviços à comunidade surda sendo a ponte de comunicação entre surdos e ouvintes através da língua Brasileira de sinais.

Parabéns a todos os profissionais e principalmente aos TILS da UNIPAMPA.

Publicada Instrução Normativa que regulamenta o serviço de tradução em LIBRAS

A UNIPAMPA publicou a Instrução Normativa nº 12 de 09 de junho de 2021, estabelecendo os procedimentos internos sobre oferta e demanda dos serviços de tradução e interpretação da Língua Brasileira de Sinais – Libras, no âmbito da Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA.

O Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, como uma das unidades de gestão da política de inclusão dos surdos e a organização do trabalho de tradução e interpretação de Libras, torna público novo Formulário de solicitação do serviço de Tradução e Interpretação de LIBRAS para eventos desenvolvidos pela Reitoria e Pró-Reitorias.

Acesse o Formulário

Acompanhe sua solicitação

Agenda TILS-Reitoria

Cursos de capacitação na área da deficiência visual

A UNIPAMPA, através do Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, em parceria com o Instituto Benjamim Constant-IBC, oferece os seguintes cursos na área da deficiência visual:

Curso de Programas de Informática na Área da Deficiência Visual (INFODV), está sendo ofertado de 18 de maio de 2021  a 28 de junho de 2021.

Curso de Técnicas para Criação de Documentos Digitais Acessíveis aplicadas à Deficiência Visual (TECDOC) que será realizado no período de 1 de junho de 2021 a 19 de julho de 2021.

As inscrições foram realizadas entre abril e maio de 2021. Foram ofertadas 15 vagas aos Servidores da UNIPAMPA para cada um dos cursos. Para receberem a capacitação, foram priorizados servidores que trabalhem diretamente com a Inclusão.

 

UNIPAMPA recebe livros acessíveis

A UNIPAMPA, por meio do Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, recebeu, no mês de março, livros acessíveis em EPUB da Fundação Dorina Nowill.

A Fundação Dorina Nowill para Cegos é uma organização sem fins lucrativos e de caráter filantrópico.

Dedica-se, há mais de 70 anos, à inclusão social de pessoas com deficiência visual. Uma das formas como fazemos isso é por meio da produção e distribuição gratuita de livros em braille, falados e digitais acessíveis, diretamente para o público e também para cerca de 3000 escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil.

 

Aquisição de materiais

A ADAFI, através do Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, realizou a aquisição de equipamentos de vídeo.

 

As filmadoras irão auxiliar no serviço de Tradução e Interpretação e demais atividades do Núcleo para promoção da Inclusão e acessibilidade.

 

Edital 392/2020

A UNIPAMPA , através do Edital 392/2020 lança a abertura de Processo Seletivo Simplificado para a Contratação de Profissionais Técnicos Especializados em Língua Brasileira de Sinais.

As inscrições vão até dia 12/01/2021 e as provas ocorrerão a partir do dia 12/02/2021.

Mais informações: Edital 392/2020

 

 

Dia mundial do Braille

 

 

Dia Mundial do Braille | 4 de janeiro - Calendarr

O Dia Mundial do Braille é comemorado nesta segunda-feira (04/01). A data foi instituída para chamar a atenção da sociedade sobre a importância de assegurar formas de inclusão de deficientes visuais também na escrita e no acesso a livros. Os dados oficiais mais recentes sobre a presença de deficientes visuais no Brasil são do Censo de 2010. Segundo o levantamento, cerca de 24% da população tinham algum tipo de deficiência naquele momento, o que correspondia a 46 milhões de brasileiros.

A visual é a modalidade mais comum. Se consideradas pessoas com qualquer tipo de dificuldade, o número de cidadãos com algum grau de problema para enxergar chega a quase 20%. Se considerados aqueles que não conseguem ver de forma alguma ou que têm grande dificuldade, o índice cai para 3,4%, o equivalente a 6,5 milhões de pessoas. Desse total, 582,6 mil são incapazes de enxergar.

 

Fonte: Agência Brasil